41 991510377

  • Preto Ícone Spotify
  • Preto Ícone Deezer

©2019 by Michelle Pucci

A CIDADE SEM MAR

2016

Nasceu a partir de uma provocação de Michelle Pucci à diretora Nena Inoue. A artista queria apresentar uma cena para o Curitiba Mostra, seria a partir da obra do autor Manoel Carlos Karam (Só poderia ser!) Acabou se tornando uma feliz parceria entre Michelle e a Companhia Brasileira de Teatro por sugestão da própria Nena, por se tratar de uma Mostra de trabalhos de companhias naquele ano. O resultado dessa parceria foi a reunião de vários artistas interessados , a mais de uma década , na obra deste autor. Um brinde aos encontros!


“Há quem diga que para Curitiba ser perfeita só falta ter mar. Há quem diga que Curitiba é tão ruim que nem ao menos tem mar. É lenda? A lenda diz que Curitiba tem apenas duas estações. Se vivesse aqui, Vivaldi teria composto o inverno e a rodoferroviária. E talvez dedicasse algumas notas de violino ao verão, que neste ano caiu numa sexta-feira.” 


A partir de textos como este ( acima) de Manoel Carlos Karam surgiu a dramaturgia e encenação: Esperamos em filas. Esperamos de pé. Esperamos debaixo dos guarda-chuvas molhados. Esperamos impacientes. Esperamos sentados diante de uma porta de saída. Esperamos. Convidamos o público a esperar conosco. Esperar o quê? Não importa, esperar juntos!  Esperamos e os convidamos para passear de ônibus da Graciosa que nos levava ao litoral na década de 80. E fomos à praia ver o mar. E passeamos entre a Rua São Francisco e a Praça Tiradentes, a praia da nossa Curitiba.


Este espetáculo estreou dentro da programação da CURITIBA MOSTRA no Festival de Teatro de Curitiba. Idealizada pelo Espaço Cênico. Com Direção Nadja Naira e Giovana Soar - Realização Cia Brasileira de Teatro .